O fisioterapeuta e a saúde do trabalhador – CREFITO-15

O fisioterapeuta e a saúde do trabalhador

Entrevista inédita do CREFITO 15 explica a atuação do fisioterapeuta no ambiente empresarial e seus benefícios para os profissionais

No mês da celebração do Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, entrevistamos a fisioterapeuta Dra Vívian Camargo para falar sobre a atuação do profissional da Fisioterapia nas empresas. Segundo Dra Vivian, o fisioterapeuta incentiva o colaborador a adquirir novos hábitos de vida, o que gera um bem-estar físico e emocional no ambiente de trabalho. “Por outro lado, a empresa que têm colaboradores motivados, têm melhores resultados”, disse.

Confira a entrevista e conheça um pouco mais da atuação do fisioterapeuta do trabalho.

  1. O que é a Fisioterapia do Trabalho?

É uma especialidade que atua na prevenção de doenças ocupacionais, além de promover a manutenção e recuperação da saúde dos colaboradores.

  1. Quais são as principais atividades realizadas por um fisioterapeuta dentro do ambiente de trabalho?

É uma área bastante ampla. O fisioterapeuta pode atuar no ambulatório atendendo os colaboradores que possuem queixas álgicas e desconfortos causados pela atividade laboral. Também pode atuar em treinamentos e orientações de postura, ginástica laboral, elaboração de laudos ergonômicos, exames admissionais, periódicos e demissionais, retorno dos colaboradores afastados da empresa, entre outros.

  1. Como é realizada a fisioterapia no trabalho?

Normalmente o fisioterapeuta é um profissional terceirizado, então a sua atuação depende do que a empresa almeja para seus colaboradores: você pode ser contratado simplesmente para fazer laudos ergonômicos, como pode ser contratado para atuações mais amplas. Na parte ambulatorial, o fisioterapeuta tem uma atuação mais voltada para a recuperação dos colaboradores que apresentam alguma queixa álgica/desconforto. Já nas linhas de produção, atua na parte preventiva treinando, orientando, atuando junto à gerência para discutir melhorias, realizando laudos ergonômicos, entre outras atividades.

  1. Quais são os benefícios?

Os benefícios são tanto para a empresa quanto para o colaborador. O fisioterapeuta incentiva o colaborador a adquirir novos hábitos de vida e de consciência corporal, o que gera um melhor bem-estar físico e emocional no ambiente de trabalho. Por outro lado, a empresa que tem colaboradores motivados, tem melhores resultados.

  1. Quais são as técnicas utilizadas na Fisioterapia do Trabalho?

As técnicas variam. No ambulatório, por exemplo, são utilizadas várias técnicas da área de traumato ortopedia. Por isso, é importante a constante atualização e realização de cursos.

  1. Qual é a reclamação mais comum dentro das empresas?

As queixas mais comuns são de membros superiores e coluna lombar.

  1. Como você avalia a importância da Fisioterapia do Trabalho nos dias atuais?

É uma área que está em crescimento e que é de fundamental importância para a empresa, especialmente para diminuir o número de afastamentos de colaboradores por problemas osteo-musculares. Temos muito a estudar, a melhorar e é fundamental a união dos profissionais para fortalecermos ainda mais a Fisioterapia do Trabalho.

  1. Teria alguma história interessante de um paciente que você ajudou para nos relatar?

Sempre realizo treinamentos e orientações de postura nas linhas de produção. Algo que, a princípio, parece simples e que muitas vezes os colaboradores acham “bobeira”. Um dia, uma colaboradora me chamou e falou que todos falavam que ela tinha uma postura “feia”, corcunda. E que de tanto eu passar na linha e corrigi-la, ela tinha melhorado muito e as pessoas agora passaram a elogiá-la. Ela relatou que estava muito feliz e que sua autoestima tinha melhorado muito. Algo simples, que fez a diferença na vida dela.

  1. O que um fisioterapeuta precisa fazer para atuar na área de Fisioterapia do Trabalho?

É fundamental realizar especialização em Fisioterapia do Trabalho e ter a consciência de que quanto mais se aperfeiçoar melhor será o seu desempenho profissional. Sugiro também se especializar em Ergonomia, Assistência Técnica Judicial, que também é uma área em crescimento, e se atualizar quanto às questões do E-social.

CURRÍCULO

Vívian Camargo Rodrigues Elias

Formada em Fisioterapia pela Faculdade Salesiana de Vitória

Pós-graduada em Fisioterapia do Trabalho e Ergonomia

Curso de Aperfeiçoamento Profissional em Perícia Judicial para Fisioterapeutas pelo Método Veronesi

Atuação em empresas desde 2008

Leia Também

CREFITO 15 adia realização de mini-curso sobre Treinamento Funcional com Dra. Mariane Malucelli

Por conta de motivos profissionais, o mini-curso sobre Treinamento Funcional com a fisioterapeuta Dra. Mariane Malucelli, da Ortho …

PARCEIROS CREFITO